The Walking Dead: Now (s06e05)

Tovah Feldshuh as Deanna - The Walking Dead _ Season 6, Episode 5 - Photo Credit: Gene Page/AMC

Tovah Feldshuh as Deanna – The Walking Dead _ Season 6, Episode 5 – Photo Credit: Gene Page/AMC

The Walking Dead entrou naquele ritmo irritante e desesperador onde nada acontece, quer dizer, até acontece, mas o ritmo é tão lento, mas tão lento que a impressão é que sem querer apertamos o “slow motion” no controle remoto. Mas já conhecemos esse recurso que a série utiliza. Após uns dois ou três episódios repletos de ação e emoção, eles nos “presenteiam”com alguns episódios aleatórios e de ritmo bem lento. Primeiro tivemos a longa história de Morgan, agora Alexandria e seus conflitos pessoais.

*Contém Spoilers

Deanna surtou, Rick e Michonne chegaram e ops! Peraí, como é que Rick e Michonne chegaram ali? Ninguém sabe, ninguém viu. Pois é o maior erro desse episódio, não é ser lento, isso já estamos acostumados, o grande problema é a falta ou furo de continuidade. Rick simplesmente chegou esbaforido com centenas de zumbis atrás dele, falando em como ele estava certo e que tudo iria correr bem. Daí inesperadamente Michonne já está lá, defendendo Rick e tudo bem. Mas minha gente, não pode fazer isso com os fãs. Tem que nos explicar como é que ele conseguiu escapar de um trailer rodeado de zumbis e o mesmo se aplica a Michonne, que não estava numa situação muito diferente. Talvez eles não tenham nos explicado, para que o Glenn possa aparecer vivinho da silva e ninguém reclame dessa salvação milagrosa, afinal, as pessoas costumam aparecer inesperadamente sem explicações. Ah! Façam-me o favor, respeitem minha inteligência e expliquem direitinho essa festa do Bolinha.

Lauren Cohan as Maggie Greene - The Walking Dead _ Season 6, Episode 5 - Photo Credit: Gene Page/AMC

Lauren Cohan as Maggie Greene – The Walking Dead _ Season 6, Episode 5 – Photo Credit: Gene Page/AMC

Tirando esse fato, tivemos Maggie finalmente mostrando que não é de ferro e abrindo seu coração dentro do esgoto – eita lugarzinho que ela escolheu pra fazer isso – Ensaiou uma fuga, mas não levou adiante, sabendo que não havia grandes chances para uma grávida e um coleguinha com peso na consciência lá fora. Enquanto isso, Tara está incentivando Denise, que até então era podada por si mesma, pela sua própria inseguranca. Jessie também evolui, aos poucos deixa de ser a dona de casa insegura e vítima para se tornar uma mulher forte e decida. Algo próximo ao de Carol, porém, mais suave. Não acredito que Jessie tenha potencial para ser uma “próxima Carol”, porém, está na cotação máxima para a futura rainha, futura Sra. Grimes. Desde a traição e morte de sua esposa que Rick caminha solitário, sem nenhum romance, estava mesmo na hora de arrumar uma parceira. Lógico que antes disso, ele teve que matar o marido dela, mas tudo bem, ele é o herói da historinha.

E finalmente temos Deanna, presidenta de Alexandria, que após perder seu filho e marido, vê sua cidade, seu sonho, rodeado de zumbis, correndo sério risco de ser aniquilado, sumir do mapa. Ela inicia o processo de auto piedade, de depressão e esgotamento mental, porém, seu instinto de luta, sua força é maior e ela começa a retomar aos poucos o papel que quase abandonou. Ela não vai deixar aos ventos sua casa, seus colegas, seu filho, sua cidade. Pelo menos, não sem antes lutar. E nesse processo ela contará com a ajuda de Rick. Estava certa desde o princípio, Rick e seu grupo eram realmente as peças que faltavam no quebra-cabeça. A cidade precisava de pessoas que os fizessem enxergar que o mundo lá fora é vasto e repleto de perigos, que fingir que nada está acontecendo não os protegem, pelo contrário, só os deixam mais frágeis.

TWD 06x05f

Notinhas

  • O nome de Glenn aparece no mural, depois é riscado. E nós continuamos sem saber o que os autores querem nos dizer com isso. E possivelmente ainda não saberemos o paradeiro do pobre japinha no próximo episódio, pois as chances de serem focados em Daryl, Sasha e Abraham, são grandes;
  •  Espero (apesar de saber que provavelmente é uma espera em vão), que a cena da Jessie oferecendo biscoito para seu filho e aquele blá-blá-blá todo, tenha alguma relevância no futuro. Porque, né?
  • Após um longo episódio sobre Morgan, ele não abriu a boca nesse. Opa! Essa é The Walking Dead;
  • E por fim, bem finalzinho mesmo, o que foi aquele filete que apareceu no final do episódio, uma rachadura ou um filete de sangue? Será que a casinha está caindo? Convenhamos que aquele muro não é nenhuma grande obra inteligente da engenharia moderna.

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.