Demolidor – Segunda temporada

Demolidor_a_1

A parceria Netflix/Marvel começou com o pé direito com a primeira temporada de Demolidor, ano passado. Tanto que foi confirmada a segunda temporada logo após estreia da primeira. A dúvida era: será que conseguiriam manter a qualidade nessa nova temporada?

Já era de conhecimento do grande público que o Justiceiro (com sua camiseta clássica de caveira) e Elektra (empunhando seus sais) estariam junto com o protagonista da série.

*Contém Spoilers

A temporada começa quente, com a morte maciça de quase todos os mafiosos irlandeses. Parece que um exército os atacou, tamanha brutalidade e rapidez na ação. Na verdade quem está por trás disso tudo é o Justiceiro (Jon Bernthal), AKA eterno Shane de The Walking Dead.

Justiceiro

O Justiceiro, cujo nome é Frank Castle, é um ex-militar com experiência em guerras. Sua experiência bélica, em conjunto com sua sede de vingança, o torna uma arma quase impossível de se parar.

Castle teve sua família morta em uma briga de gangues e isso o faz ir atrás de cada uma delas para buscar sua vingança. Com o seu aparecimento, surge o grande embate da segunda temporada. Quem está certo, o bom moço Demolidor (Charlie Cox) que não mata seus oponentes e os leva para a justiça ou o olho-por-olho Justiceiro que extermina os bandidos que estão no seu caminho?

Os dois se encontram em várias oportunidades, sendo sempre uma luta equilibrada. Castle então, vai atrás dos irlandeses remanescentes e acaba capturado. O Demolidor, alter ego de Matt Murdock, salva Castle e o deixa para a polícia prender. Mas antes disso, Castle conta toda sua história, levando Matt a crer que realmente ele é uma boa pessoa, apenas atormentada pelo trágico passado.

Nesse meio tempo, surge um envolvimento amoroso entre Matt e Karen Page (Deborah Ann Woll) que trabalha junto com Matt e “Foggy” Nelson (Elden Henson) no escritório de advocacia Nelson & Murdock.

Quando parece que os problemas com o Justiceiro eram os únicos para Matt, resurge uma ex-namorada, muito esperada por todos, Elektra Natchios (Élodie Yung), que veio atrás do Demolidor, para ajudá-la em uma luta contra a Yakuza.

Relutante no começo, Matt acaba aceitando e os dois começam uma saga para desvendar os mistérios dos japoneses. Elektra é uma assassina nata, treinada por Stick, o mesmo professor de luta de Matt e luta durante os episódios para descobrir se é uma boa pessoa ou seu lado assassino tende a prevalecer.

Elektra2

A performance de Élodie, atriz francesa com origem do Cambodja, chama muito a atenção por trazer uma Elektra despojada e muito sarcástica, o que irrita muito o certinho Matt.

Enquanto isso, Page cada vez mais se envolve na história do Justiceiro para trazer ao público quem realmente ele é, e Foggy cada vez mais se sente desamparado por Matt, uma vez que ele é deixado sozinho no julgamento de Castle.

Após a condenação por seus crimes, Castle acaba sendo contatado dentro da prisão por um velho conhecido, o Rei do Crime, Wilson Fisk (em mais uma atuação de gala de Vincent D’Onofrio). O contato, claro, tem segundas intenções e, além conseguir se livrar de um rival dentro da cadeia, morto por Castle (em uma cena de tirar o fôlego), Fisk solta o Justiceiro para que ele continue seu “trabalho” de dizimar as gangues. Apesar da “ajuda”, Castle jurou Fisk de morte na próxima vez que ambos se encontrassem.

Elektra e Demolidor acabam descobrindo que uma seita chamada “A Mão”, está por trás dos crimes da Yakuza. Essa seita é comandada por Nobu, o ninja que Matt enfrentou na primeira temporada. Mas como, ele não morreu? Sim, aparentemente, mas a seita tem a fórmula da imortalidade que o trouxe de volta.

Fato curioso e importante: descontente com os rumos do escritório Matt & Murdock, os dois decidem acabar a parceria. Foggy então busca novos empregos e faz uma entrevista com, sabe quem? Jeri Hogarth (Carrie Anne Moss), AKA eterna Trinity de Matrix. Lembram dela? Ela fez uma advogada em Jessica Jones. Isso mostra já a conexão que a Marvel está fazendo entre as séries, fora todos os outros easter eggs que aparecem e que demorariam páginas para descrever! Boa sorte em encontrá-los!

Claro, a enfermeira Claire Temple (Rosario Dawson), também dá o ar de sua graça e ajuda o pessoal durante a temporada, assim como já fez na primeira temporada e em Jessica Jones.

Na batalha final contra “A MÃO”, Elektra acaba seriamente ferida e vem a falecer. O Justiceiro ainda ajuda Matt a acabar com Nobu e os ninjas. Nobu ainda é finalizado por Stick, com sua decapitação, evitando que ele reviva novamente.

Demolidor mascara

A temporada acaba com três fatos importantes:

– Elektra é retirada de seu túmulo pela “A MÃO”, claro, para fazê-la reviver e tornar-se uma arma viva a favor do mal.

– Matt mostra à Karen a máscara do Demolidor! Só Foggy sabia disso.

– O teaser de Luke Cage (estréia em setembro) logo após o término do ultimo episódio, a terceira série da parceria Netflix/Marvel. Faltam ainda Punho de Ferro e os Defensores, quando todos os heróis se juntarão.

Grandes atuações, trama envolvente e muitas cenas de ação muito bem realizadas fazem de Demolidor uma das melhores séries da atualidade. Como conseguiremos sobreviver até o lançamento de uma próxima temporada?

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.