Capitão América: Guerra Civil

Civil War__a

Sendo um dos filmes mais esperados do ano, Capitão América: Guerra Civil, mostra a maturidade da Marvel Studios, alcançado ao longo de exatamente oito anos (Homem de Ferro foi lançado em 2 de maio de 2008!) e doze filmes depois. O Universo Cinemático Marvel (MCU) entra na sua terceira fase em grande estilo.

Tudo relacionado às cenas do filme foi devidamente arquitetado e definido nesses doze filmes. Apesar disso, se você perdeu alguns dos filmes ou não é aficionado por HQs, também consegue se entreter (e se divertir muito) ao assistir o filme.

ALGUNS POUCOS SPOILERS

A história gira em torno do desentendimento de dois super-heróis, Homem de Ferro (Robert Downey Jr) e Capitão América (Chris Evans). Após os vários eventos que causaram muitas mortes em Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, além de um desastroso evento que causa a morte de civis no começo do filme, na Nigéria, onde, Capitão, Viúva Negra (Scarlett Johansson), Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e Falcão (Anthony Mackie), estão perseguindo Crossbones (Frank Grillo), vilão originário de Capitão América: Soldado Invernal, o governo decide intervir na ação da equipe, sendo que agora eles seriam controlados, não tendo mais carta branca para agir.

O Capitão América não aceita tal intervenção, diferentemente do Homem de Ferro, que acaba aceitando o Acordo de Sokovia sugerido pelo Governo. Todo o material publicitário do filme tencionava a escolher um dos lados. Entretanto, o filme consegue ser tão bom que, ao longo dele, você se vê “torcendo” para os dois lados em momentos distintos!

Outro motivo para o Capitão escolher não aceitar o acordo, é a perseguição do Governo ao amigo Bucky Barnes, o Soldado Invernal (Sebastian Stan), que era controlado por Barão Zemo (atuação brilhante do ótimo Daniel Bruhl). Capitão o ajuda a escapar e ainda a se livrar do controle de Zemo.

O Capitão acuado, junto com Falcão e Bucky, recebe a ajuda da Agent 13 (Emily Van Camp), sobrinha da Agent Carter, Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), de volta da aposentadoria, do Homem Formiga (Paul Rudd – conforme deixa já revelada em cena pós-crédito do filme Homem Formiga) e da Feiticeira, que estava sendo mantida em “detenção” pelos atos acontecidos na Nigéria.

Por outro lado, o Homem de Ferro, teve ao seu lado, Máquina de Combate (Don Cheadle), Viúva Negra, Visão (Paul Bethany, em outra atuação de gala), o Pantera Negra (Chadwick Boseman – que busca vingança contra Bucky Barnes, por ele ter supostamente matado seu pai) e o Homem Aranha (Tom Holland – Aliás, a cena que Stark recruta o Aranha, é hilária!)

Civil War Spiderman

Todos os elementos já existentes em filmes anteriores, como por exemplo, a já esperada aparição de Stan Lee, as cenas pós-créditos (temos duas, uma filmada no Brasil (!) – ninguém saiu do cinema antes delas!), humor e cenas de ação (diga-se de passagem, as melhores até agora) de perder o fôlego estão lá!

O humor inclusive se dá principalmente pelas atuações de Downey Jr, já esperada e claro, na aparição do Homem Aranha, que traz de volta à casa Marvel, um herói jovem, renovado, cheio de energia e humor. Paul Rudd, nosso Homem Formiga também faz a parte humorística do filme, sendo que nesse, ele não apenas encolhe!

Outro questionamento feito por fãs antes do lançamento do filme é se ele seria um Vingadores 2.5. A resposta é não. A atuação de Chris Evans como Capitão, é muito boa e ele, sim, é a estrela do filme! Downey Jr. também não “rouba” a cena como era esperado.

Civil War IronMan

A direção dos irmãos Russo foi ótima! Um filme que possui essa quantidade de personagens (e estrelas do cinema), sendo que todos eles tiveram sua importância, tendo todos seus movimentos coordenados como equipe (vide cena da briga no aeroporto, já clássica!) e individualmente com suas emoções e dramas pessoais, mostra que a Marvel não só acertou na mosca, mas como deixa seu futuro muito promissor para os próximos filmes da fase 3 da MCU!

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.