The Walking Dead – How It’s Gotta Be (s08e08)

Não sei nem por onde começar. O último episódio da midseason foi uma bagunça tão grande, tanta coisa sem sentido que fica até difícil expressar algum sentimento. Indignação é uma boa definição, mas talvez não tão abrangente. O episódio foi extremamente escuro, dificultando ainda mais o entendimento de certas coisas. Talvez tenha sido proposital, talvez não, mas o mais provável é que tenha sido pra criar ainda mais confusão e ansiedade. Acho que a melhor forma de tentar recapitular e tentar entender alguma coisa é colocando por tópicos, então vamos lá:

*Contém Spoilers

No final do sétimo episódio (Time for after), vimos que os zumbis haviam entrado no Santuário e que Eugene tinha alguma forma espetacular de ajudar Negan. Quando começa How it’s gotta be, vemos Daryl e Michonne conversando e ele dizendo que tinha dado certo, o mesmo que Tara diz pra Rosita. Aqui já nos perguntamos o que deu certo? Não é o que a gente viu no episódio anterior e nem o que sentimos que está por vir. Mas o mais intrigante é: por que diabos eles jogaram o caminhão para arrebentar o muro e deixar os zumbis entrarem e simplesmente foram embora. Oi? Que sentido isso faz? E se você virou as costas e foi embora depois como afirmar com tanta confiança que deu certo? Não dá pra afirmar porque você não sabe, caramba. Começou, termina. Mega decepção do Daryl nessa empreitada. Já não basta o Rick com o povo do lixo, que obviamente saiu batido, ou seja, não serviu pra exatamente nada, só encheção de saco. Aliás, parece que os produtores adoram encher com um monte de nada os episódios.

Além da ideia absurda de Daryl e Tara de voltarem para reagrupar as pessoas, fato que deu tempo suficiente de Negan colocar o plano de Eugene em prática, seja ele qual for, afinal vimos que o plano foi do Eugene, mas não fazemos a mínima ideia de qual é a desse mirabolante e magnífico plano. Aliás as questões não param por aí. Vimos que Carol, Rick e Jerry juntos e depois quando Simon encurralou Megan, só Jerry estava ali com a arma em sua cabeça. Inclusive aqui vemos outro furo, porque diabos Megan e seus companheiros assim que perceberam a emboscada não saíram dos carros se escondendo na floresta e atirando em todos? Não, simplesmente ficaram ali murmurando, lamentando e esperando o caminhão com Simon e os outros fecharem bonitinho o comboio. É coisa sem sentido em cima de coisa sem sentido. Falando em coisa sem sentido, tivemos o tiro que Enid deu sem sabermos o porque e que acertou Natania. Opa! Começou bem a visita.

Tem mais? Sim, temos mais. No episódio anterior vimos Eugene falando para Negan que ele poderia fabricar muitas balas. Ok! Mas isso requer muito tempo, material e local específico, porém Negan conseguiu uma mega operação cheia de recursos em pouquíssimas horas. Eugene não só fez milagre para Negan, como também resolveu dar uma de salvador do padreco. Foi lá e deu todo o esquema pra ele fugir com o médico. Mas tá um mestre Jedi esse Eugene. Já não podemos dizer o mesmo de Rick, que esteve com Lucile em mãos e poderia ter finalizado Negan e…nada, nadica. Ah! Para né? Então nem coloque uma cena dessas, melhor mostrar ele só fugindo como um ratinho do que ele ter oportunidade, NOVAMENTE, de matar Negan e não o fazer.

Para não ser injusta e falar que não aconteceram coisas legais, tivemos o discurso de Carl pra cima de Negan, tivemos algumas cenas de Michonne com a katana – já estava com saudades – e tivemos Ezekiel finalmente ajudando seu povo. Embora ele tenha, sabe-se lá porque, se trancado junto com os Salvadores ao invés de trancá-los pelo lado de fora do Reino. Provavelmente ele está se usando como isca, enquanto os Salvadores ficam lá dentro atrás dele o restante do povo consegue fugir. Seja como for, já foi uma recuperação.

E por último e não menos importante. Porque matar Carl????? Por queeeeeeee?????? O garoto cresceu conosco no meio do apocalipse, viveu muita coisa, estava caminhando para tomar o lugar de seu pai que está perdendo o fio da navalha e vão lá e matam o personagem. Que não me venham com teorias ou soluções mirabolantes para ele continuar vivo, não faz sentido. Tá certo que a morte de Carl nesse momento também não faz sentido, mas se assim quiseram os produtores, agora encarem a decisão e sintam o baque. Muita gente já estava descontente com o show, talvez a morte de Carl só faça perder mais audiência. Ainda continua um seriado muito assistido e que coloca muitos dólares nas contas bancárias dos envolvidos, mas melhor tomar cuidado porque da mesma forma que as pessoas amam, elas odeiam. Agora só em fevereiro para expressar todo amor ou ódio por The Walking Dead.

Notinhas

  • Judith está ali para “substituir” Carl, mas ela não vai conseguir se conectar como Carl, como disse, ele cresceu com a gente em muitas batalhas;
  • O que aconteceu com a gravidez de Maggie que era super complicada, de repente ela virou badass e sua barriga não cresce, ela não tem vontade de fazer xixi a cada 5min, não sente dores nas costas, nem azia, aliás, ela nem parece uma grávida. Tá certo que muitas mulheres grávidas não parecem, mas ela tinha uma gravidez bem sensível e de repente tudo milagrosamente se resolveu. Sendo assim, porque precisam tanto do médico, tá tudo tão perfeito, basta parir quando chegar a hora;
  • Conversa de Enid e Aaron zzzzzzzz;
  • Simon simplesmente deixa Maggie e todo resto ir pra Hilltop de boa. Mataram o cara lá que não representa nada pra ninguém, mas todo o resto foi livre deixando Maggie livre pra comandar um contra ataque. A intenção não era que os “cabeças” fossem presos vivos e entregues ao Negan? Pois é…
  • Jesus, bem, só vimos parcialmente seu rostinho bonito e nem uma palavra;
  • Judith está tão fofinha *.*

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.