LOGAN

Esqueça tudo o que você já viu sobre filmes de super heróis. Logan é diferente. Logan é especial. Esqueça os outros dois filmes de Wolverine, Origens e Imortal. Logan os faz filmes de Sessão da Tarde e os bota no chinelo.

O filme marca a despedida do ator Hugh Jackman, como Wolverine, o mutante mais conhecido do mundo.

SEM SPOILERS!

Quando a Fox lançou X-Men em 2000, ninguém esperava que aquele ator, até então desconhecido, encarnaria tão bem um personagem tão querido pelos fãs dos quadrinhos. Pois bem, 17 anos depois e nove filmes como Wolverine, Jackman deixa de interpretá-lo com uma atuação digna de Oscar. Sabemos que dificilmente um ator será premiado por um filme blockbuster de super-herói, mas esse seria o caso de Logan.

Jackman interpreta um Logan já velho, no futuro, com seus poderes de fator de cura comprometidos. Ele trabalha como motorista e volta e meia acaba se metendo em confusão, claro, por causa de seu temperamento já conhecido. Ele cuida também do Professor Xavier, com Patrick Stewart também se despedindo do personagem.

Xavier nonagenário, tem problemas mentais, que já são complicados para uma pessoa com cérebro normal, imagina para o cérebro mais poderoso do mundo. Logan tem a ajuda de Caliban (Stephen Merchant), um mutante capaz de rastrear outros mutantes, já visto em X-Men: Apocalypse, para cuidar de Xavier.

A vida de Logan, começa a complicar quando aparece Donald Pierce (Boyd Holbrook, nosso eterno Steve Murphy de Narcos). Ele está a procura de uma garota, Laura (Dafne Keen), de codinome X-23 e com características bem semelhantes às de Logan (fator de cura e garras cobertas com adamantium).

Os ciborgues liderados por Pierce, trabalham pro governo e querem exterminar crianças que nasceram em laboratório e que cada uma possui poderes mutantes, artificialmente implantados.

Logan então começa a proteger Laura e traz consigo Professor Xavier, nessa jornada cheia de ação e momentos muito sentimentais.

Prepare-se para ver o filme da franquia X-Men mais violento da história (finalmente Logan no seu mais puro espírito), mas emotivo e com atuações incríveis da trinca Jackman, Stewart e Keen. Dafne Keen demonstra uma desenvoltura e atuação de uma veterana. Com olhar marcante e cenas de ação incríveis!

A pergunta é: como sobreviveremos sem Jackman como Wolverine e Stewart como Xavier. Só o tempo irá dizer…mas o legado que os dois deixam com esse filme é atemporal. E que a Fox continue com essa sequência matadora de filmes elogiadíssimos. Créditos ao nosso Ryan Reynolds que conseguiu liberdade criativa com Deadpool e isso deu origem a Logan. Parabéns aos envolvidos.

Deixe uma resposta

Please use your real name instead of you company name or keyword spam.